Coronavírus: americano morre após tomar remédio promovido por Trump

Por Gazetaweb, com BBC     25/03/2020 19h26

Pesquisas sobre a ação da cloroquina contra a Covid-19 ainda estão em andamento

Coronavírus: americano morre após tomar remédio promovido por Trump

FOTO: Divulgação

Um homem morador do Estado do Arizona, no Estados Unidos, morreu e sua mulher está em estado grave após ambos tomarem fosfato de cloroquina em uma aparente tentativa evitar a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Em seus discursos, presidente americano, Donald Trump, promoveu a cloroquina como um possível tratamento para o vírus. "A parte boa é que ela existe há muito tempo, então sabemos que, se as coisas não saírem como o planejado, ela não matará ninguém", disse o líder dos EUA.

O remédio é aprovado pelo FDA (a vigilância sanitária americana) para tratar malária e também para lupus e artrite reumatóide, e está sendo testado para combater o coronavírus. No entanto as pesquisas sobre sua eficácia e segurança contra a covid-19 ainda estão em andamento e não são conclusivas.

A cloroquina tomada pelo casal do Arizona não estava no formato de medicamento, mas fazia parte de uma substância normalmente usada para limpar tanques de peixes.

Logo após a ingestão, o casal ficou doente, diz o hospital Banner Health, onde eles foram atendidos. O casal tinha mais de 60 anos.