Luciano diz que Saúde e Educação são prioridades para Arapiraca voltar a crescer

Por Greyce Bernardino com assessoria     17/10/2020 18h45

Ele disse que quer retomar o ensino integral criado em sua gestão como prefeito

Luciano participou de adesivaço neste sábado, em Arapiraca

FOTO: assessoria

Durante adesivaço, na manhã deste sábado (17), no Centro de Arapiraca, o candidato à prefeitura, Luciano Barbosa (MDB), reiterou que Saúde e Educação são prioridades em seu plano de governo para a Arapiraca voltar a crescer. 

Na ocasião, Barbosa disse, ainda, que quer retomar o ensino integral criado em sua gestão como prefeito e hoje deixado de lado. 

"Quando prefeito de Arapiraca tive a oportunidade de construir dez escolas em tempo integral. Naquela ápoca, o MEC não dava incentivo algum para esse tipo de iniciativa. Dependia do nível de compromisso do gestor com a educação. Arapiraca virou modelo para outros gestores no Brasil. E em 2015, quando assumi a Secretaria de Educação do Estado (Seduc), esse modelo foi levado para as escolas estaduais. Deixei 62 escolas de tempo integral, hoje só em Arapiraca há quatro escolas de Ensino Médio de Tempo Integral e que já são referência", afirma.

Além do ensino integral, Barbosa pretende fortalecer a alfabetização na idade certa das crianças arapiraquenses. De acordo com Todos Pela Educação, o Brasil ainda tem pouco mais da metade das crianças sem saber ler e operar cálculos matemáticos simples (56,6%).

Já na Saúde, o candidato quer reconstruir o sistema público de saúde. "Saúde sempre foi uma prioridade para mim. Muita coisa fizemos no setor em Arapiraca e que foram esquecidos, abandonados. Precisamos reativar a saúde pública de qualidade em nosso município".

Luciano cumprimentou apoiadores durante agenda política 

FOTO: assessoria
E completa: "Fomos o município do Brasil com mais de 80% de cobertura do Programa Saúde da Família (PSF). Precisamos voltar a respeitar os profissionais da saúde e a população. Posto de saúde é um bem da comunidade, usado para implementar as políticas de atenção básica à saúde de todos os que tenham aquela área como referência. Precisa estar estruturado para dar respostas aos problemas da comunidade. Nunca deixei faltar profissionais nem medicamentos e sempre tratei a saúde pública como um direito do cidadão, e é isso que pretendo fazer, se eleito pela população de Arapiraca".