Histoplasmose: a doença letal que ameaça os meninos presos na caverna

Por Notícias ao Minuto     11/07/2018 10h32 - Atualizada às 11/07/2018 13h47

A denominada 'doença da caverna' pode causar infecção pulmonar severa

Garotos e treinador de futebol foram retirados de caverna na Tailândia após 17 dias presos 

FOTO: Soe Zeya Tun

Após terem permanecido 17 dias presos numa caverna na Tailândia, os 12 meninos membros da equipe de futebol Javali Selvagem, e o treinador estão sendo submetidos a extensos exames médicos, por receio de terem contraído histoplasmose - uma doença pulmonar potencialmente letal.

A patologia é provocada pela inalação de dejetos e fungos de aves e morcegos. As células reprodutivas presentes nesses fungos vivem sobretudo em ambientes úmidos, e por esta razão a condição adquiriu também o apelido de "doença da caverna".

Apesar de a maioria dos casos de histoplasmose não requerer tratamento, a infecção pode evoluir para uma condição mais séria, quando os afetados ficam com o sistema imunológico profundamente fragilizado.

Os casos mais severos de "doença da caverna" podem causar o aparecimento de meningite, pneumonia, prejudicar o funcionamento das glândulas supra-renais e provocar ainda complicações de natureza cardíaca e pulmonar.