Operação prende membros de facção que praticaram ao menos 30 assaltos a ônibus

Por Thiago Gomes | Portal Gazetaweb.com     11/01/2019 08h08

Policiais estão nas ruas cumprindo mandados expedidos pela Justiça em Maceió

Operação prende membros de facção que praticaram ao menos 30 assaltos a ônibus

FOTO: Divulgação/pc

Pelo menos oito suspeitos de integrar uma facção criminosa que praticava assaltos a ônibus na capital foram presos durante uma operação, deflagrada na manhã desta sexta-feira (11), pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) com o suporte do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Armas, drogas e materiais voltados ao tráfico foram apreendidos.

Após um trabalho investigativo da Polícia Civil verificou-se que um grupo era acostumado a cometer diversos roubos ao transporte coletivo em Maceió. Estima-se, segundo o gerente da Deic, delegado Thiago Prado, que estes suspeitos tenham praticado entre 20 e 30 assaltos a ônibus somente no ano passado.

Na operação desta sexta, estão sendo cumpridos 10 mandados, sendo 9 de prisão e 1 de busca e apreensão, na parte alta e parte baixa da capital, todos solicitados e expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, privativa do combate ao crime organizado. As equipes policiais estão nas ruas desde as primeiras horas da manhã na tentativa de prender os membros organização criminosa.

Um dos alvos da operação tentou se livrar de arma de fogo, jogando-a para o telhado de uma residência

FOTO: Divulgação/pc
Um dos alvos era morador do bairro do Vergel do Lago. Durante o cumprimento do mandado, conforme destacou o delegado Thiago Prado, o suspeito tentou se livrar de uma arma de fogo, mas o revólver foi localizado no telhado de uma residência.

Os presos estão sendo conduzidos para a sede da Deic, no bairro de Santa Amélia, na parte alta, para serem ouvidos pela equipe que coordena a operação.

De acordo com a polícia, um dos suspeitos não foi localizado. Ismael Santos da Gama Melo é, portanto, considerado foragido.

Ismael Santos da Gama Melo é considerado foragido da Justiça

FOTO: Divulgação/pc