VÍDEO: Cruzamento na Ponta Verde tem cerca de 150 conversões proibidas por dia

Por Rafael Maynart e Jobison Barros     11/02/2019 09h36

Infrações motivaram instalação das primeiras câmeras do sistema de videomonitoramento, que teve início nesta segunda

Cruzamento de Maceió que recebeu câmeras de videomonitoramento

FOTO: Rafael Maynart

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) deu início à fiscalização por meio de câmeras de videomonitoramento na capital alagoana. O primeiro trecho a ser fiscalizado é o cruzamento da Rua Deputado José Lages com a Rua Manoel Ribeiro da Rocha, no bairro da Ponta Verde, parte baixa de Maceió.

A razão para a implantação do sistema se deve ao número de infrações cometidas por condutores, a exemplo de conversão proibida à esquerda, o que vem gerando cerca de 150 ações de desrespeito no trânsito. 

Conforme ressaltou o superintendente Antônio Moura, outros cruzamentos serão alvos das câmeras e, até o fim de fevereiro, 100 equipamentos serão instalados em ruas e avenidas de Maceió, com o fim de evitar acidentes e multar condutores que desrespeitem a legislação de trânsito. 


"Após o carnaval, prosseguiremos com outras instalações durante o ano, totalizando 500 câmeras. Para isso, fomos buscar números de infração em cruzamentos como este, onde tivemos um feedback de desrespeito, constatando cerca de 150 atos de conversão proibida à esquerda, quando, na verdade, o condutor deveria fazer o contorno de quadra", pontuou Moura, acrescentando que a faixa exclusiva de ônibus também será contemplada com o videomonitoramento. 

Estacionar em local proibido, trafegar em cima da calçada, passar em semáforo vermelho e estacionar em cima da faixa, em vaga de idoso e em vaga para pessoas com deficiência sem ser são algumas das infrações cometidas. 

Flagrante de conversão proibida à esquerda em cruzamento

Imagens: Rafael Maynart